No Brasil, ainda pouco se discute sobre as questões relacionadas ao uso racional da energia elétrica, mesmo depois do fantasma do racionamento e dos constantes problemas ambientais.

Se por um lado é necessário gerar mais energia para as pessoas, por outro, essas mesmas pessoas precisam saber como utilizá-la, evitando o desperdício e dessa forma equilibrar a oferta e demanda. Uma das melhores maneiras de equilibrar oferta e demanda de energia é através da utilização de luminárias de LED, cada vez mais difundidas e utilizadas em projetos de vias públicas, essa pode ser uma ótima opção de economia para o poder o público. Confira a seguir, de que forma pode economizar através de projetos em LED.

Projetos de vias públicas com LED são mais econômicos

Parques, avenidas, monumentos e até mesmo simples ruas, sempre foram iluminadas com as antigas lâmpadas de vapor de descarga em alta pressão, porém essa história está começando a mudar. Atualmente grandes cidades do Brasil, como São Paulo, Belo Horizonte, São Luís e Rio de Janeiro, por exemplo estão trocando suas lâmpadas antigas e obsoletas por lâmpadas novas de LED.

Nos projetos de vias públicas são utilizadas luminárias EXTREME LED, que foram desenvolvidas exatamente para substituir as lâmpadas tradicionais. Essas luminárias possuem design moderno e exclusivo e proporciona uma redução de gastos com manutenção e consumo de energia, proporcionando assim, uma iluminação mais intensa, com alta durabilidade e principalmente economia ao poder público. Geralmente são utilizadas para iluminar ruas, avenidas, praças, parques, estacionamentos, ciclovias e também condomínios.

Iluminação em LED gera maior economia de energia

Pouca gente sabe, mas o maior gasto do poder público – principalmente em prefeituras – atualmente é com a instalação e manutenção de iluminação em ruas, praças e avenidas, por exemplo. Sendo assim, a melhor forma de economizar, é realizando a troca de equipamentos obsoletos. Investir em equipamentos novos e econômicos traz economia a médio prazo aos cofres públicos.

A lâmpada de LED tem maior capacidade de iluminação do que as lâmpadas de vapor de pressão, além é claro de gastar muito menos energia. Se a iluminação de uma rua que possui cerca de 100 lâmpadas convencionais for trocada por 100 lâmpadas de led é possível obter uma economia de 15 megawatts.

De acordo com a agência de notícias Reuters 1 megawatt custa em torno de R$ 388,00 por hora. Se essa rua permanecer com as luzes dos postes acesos cerca de 12 horas por dia, então haveria uma economia de cerca de R$ 4.656,00 por dia, o que totalizaria R$ 1.699,440,00 em um ano. – COMO VC CHEGOU NESSA CONTA? USANDO QUAL POTENCIA D ELAMPADA?

O IDEAL SERIA UM ESTUDO DESSA FORMA:

QUANTAS LUMINARIAS TEM A RUA?

 

A FORMA IDEAL SERIA:

LUMINARIAS VAPOR DE SODIO 250w

UMA RUA COM 100 POSTES COM TECNOLOGIA TRADICIONAL:

QUANTIDADE DE LUMINARIAS 100
POTENCIA 250
TEMPO DE USO 12
PERIODO 100
CUSTO KW/H 0,38
GASTO ANUAL  R$   41.040,00

 

UMA RUA COM 100 POSTES COM TECNOLOGIA LED:

 

QUANTIDADE DE LUMINARIAS 100
POTENCIA 114
TEMPO DE USO 12
PERIODO 100
CUSTO KW/H 0,38
GASTO ANUAL  R$   18.714,24

 

ECONOMIA DE: 54%

 

Se apenas uma simples rua pode trazer toda essa economia, imagine quanta economia a substituição por lâmpadas de led pode gerar em uma cidade inteira. Todo esse dinheiro economizado pelo poder público poderia ser utilizado em outras áreas trazendo mais benefícios a população como saúde e educação.

O led é uma tecnologia inovadora, que reduz custos e gera grandes economias e a Celena é especialista em projetos voltados à economia de energia para o poder público.

Veja um de nossos cases.

Compartilhe

Compartilhe nas mídias sociais!