Celena - Blog
Blog

blog celena

Produtos e Projetos Eficientes em Iluminação

Mesmo com todo o potencial, os investimentos do governo brasileiro até 2023 não passam de 2 gigawatts de capacidade

 

Há uma década, se tem acompanhado o crescimento gradual do investimento em energia solar, com um esforço para substituir as fontes de energia tradicionais por energias renováveis. Por isso, investir em energia solar é uma grande tendência no Brasil e no mundo.

Vários países já investem em energia solar. A China contribui com cerca de 50% da geração de energia solar mundial, a Arábia Saudita pretende ter 6 gigawatts de produção de energia solar fotovoltaica até 2020 e a Alemanha oferece subsídios para quem quiser investir nesse tipo de energia sustentável.

Já o Brasil, apesar de ser um dor maiores potenciais de produção de energia solar do mundo, tem uma produção de energia solar ainda incipiente.

O potencial brasileiro para geração de energia solar fotovoltaica vem do fato de o território brasileiro receber todos os anos altos índices de radiação solar. Hoje, o potencial brasileiro chega a ser vinte vezes maior do que está sendo de fato produzido.

Mesmo com todo potencial, os investimentos do governo brasileiro nesse tipo de energia até 2023 não passam de 2 gigawatts de capacidade, o que é bem inferior à sua capacidade de crescimento.

Ainda assim, o mercado é otimista e alguns fatos e especialistas sugerem um crescimento significativo na geração de energia solar no Brasil, como um recente dado da Absolar, que anunciou que o Brasil já superou 1 gigawatt em capacidade instalada.

Em 2017, a energia solar teve uma expansão superior se compararmos com outras matrizes. Todo o crescimento alcançado foi provocado pela redução de preços e por medidas governamentais pelo mundo que facilitam e estimulam a instalação dos painéis solares fotovoltaicos.

 

 

Publicado em: Jornal da Instalação: www.jornaldainstalacao.com.br

Compartilhe

Compartilhe nas mídias sociais!