A constante busca por certificações sustentáveis e eficiência energética faz com que muitos projetos de construção industrial priorizem a utilização de luz natural por meio de claraboia ou zenital. Porém, pouco se discute a importância dos recursos artificiais para a correta iluminação LED industrial, como é o caso de galpões logísticos, armazéns e espaços industriais.

Com as transformações da jornada de trabalho, é difícil encontrar uma situação em que o expediente noturno não se faça necessário. Nesses casos, o projeto luminotécnico não deve ser planejado apenas para compor o ambiente durante o dia, mas também permitir o equilíbrio luminoso e produtividade durante a noite.

O que diz a norma?

As situações devem ser avaliadas de maneira individual, porém, de acordo com as normas da ABNT (NBR ISO 8995-1) cada ambiente requer um determinado nível de iluminância ideal (lux). Em um espaço de uso não contínuo, como um galpão de estocagem, é recomendado que o nível iluminância fique em torno dos 100 lux. Já em uma situação de uso contínuo, o indicado é que esse índice fique acima dos 200 lux.

Outro fator que interfere no nível de iluminância recomendado é o tipo de trabalho que será realizado no local.  Serviços brutos costumam contar com uma iluminação entre 200 e 300 lux, já os médios, como instalações fabris podem apresentar cerca de 500 lux. Situações em que visão precisa ser ainda mais apurada, como a conferência de um material impresso pela gráfica, ou mesmo uma inspeção de uma peça de roupa, o nível de iluminância pode superar os 1000 lux.

iluminacao-led-industrial

Legenda – O ajuste da luminária precisa levar em considerações as atividades realizadas no local.


Por serem situações tão distintas, é sempre importante acertar na escolha do equipamento que fará a iluminação desses galpões. Nesse contexto, a Luminária High Bay Prisma 2 tem se mostrado uma excelente alternativa na substituição de lâmpadas de descarga de alta pressão de vapor metálico. Por ter um aproveitamento melhor do fluxo luminoso, às vezes é possível substituir uma luminária com lâmpada de vapor metálico de 400W por uma Prisma de 150W.

Essa luminária possui uma lente de distribuição luminosa em policarbonato com facho simétrico de 60° de abertura, considerando a instalação a 6 metros de altura, esse facho luminoso irá cobrir uma área aproximada de 20m². A regra de espaçamento entre luminárias deverá ser considerada conforme a iluminância adequada ao tipo de uso, sugerimos que a distância do espaçamento não ultrapasse 1 vez a altura de instalação, afim de proporcionar alta uniformidade da distribuição luminosa, evitando assim maiores contrastes de luz e sombra. Seu resultado difuso diminui a fadiga visual dos usuários garantindo o bem-estar e produtividade da equipe.

 

Iluminação LED industrial: peça importante na economia

 

Para finalizar, é impossível falar sobre iluminação LED industrial sem se referir à economia permitida pela nova tecnologia. Para isso, o ideal é fazer o cálculo de payback, respeitando as características e expectativas de cada local. Em todo caso, o importante é compreender que um projeto luminotécnico eficiente contribui para a produtividade da equipe no local, economia de energia e, em caso de investimento, também aumentam a competitividade do imóvel.

Compartilhe

Compartilhe nas mídias sociais!